sexta-feira, 18 de março de 2011

Void Cube

O Void Cube é uma variação do tradicional cubo de Rubik, a diferença consiste na ausência das peças centrais, no lugar dessas peças o cubo é vazado. Deixando o cubo com um formato bastante intrigante (segurando o cubo contra os olhos é possivel ver o outro lado), uma vez que o conjunto de peças centrais é o que mantem todas as peças unidas ao cubo tradicional e que foi o grande desafio de Ernõ Rubik na invenção do cubo.

Por não possuir o conjunto de peças centrais o Void tem um mecanismo estrutural inteiramente diferente do cubo de Rubik, mas os movimentos continuam sendo os mesmos.

O Void cube foi inventado por Katsuhiko Okamoto e a Gentosha Education, no Japão possui a licença para a fabricação do void cube.

O Void cube é um pouco mais difícil de se resolver que o cubo tradicional por possuir paridade. A ausência dos centros remove as informações sobre a orientação das cores das faces e podem resultar na paridade quando estiver na etapa final da resolução do void. A primeira vista pode parecer impossivel de resolver, mas é bem fácil bastando apenas uma sequência de algoritmos simples.

Com o cubo tradicional é possível fazer um void, para isso basta retirar as  "capas" das peças centrais, é lógico que não vai ser possível ver do outro lado, pois como disse acima o mecanismo é totalmente diferente, mas sem as "capas", perdemos as orientações de cores das faces e aí a resolução será a mesma, com paridade e tudo.
Para resolver o void basta realizar as etapas para a resolução do cubo tradicional, mas ao invés de usar os centros para se orientar, você deve usar os cantos para saber as cores correspondentes de cada face. Quando chegar na última camada pode ocorrer o fenomeno conhecido por paridade, que podem ser de 2 tipos: dois cantos adjacentes trocados ou 2 cantos opostos trocados.

Existem diversos algoritmos para sair da paridade, mas o que eu acho mais simples e o que costumo usar é esse: M'U M'U M'U' M'U' M'U2' M'U' M'U'.
Esse algoritmo inverte dois meios. Depois começo novamente a resolução do cubo apartir dessa face, corrigindo a cruz (usando os meios trocados). Agora a paridade foi corrigida e não haverá mais problemas na resolução do void.

Qualquer dúvida entre em contato. Quando for possível vou colocar no blog outros algoritmos para o void e também alguns videos com as resoluções.




Nenhum comentário:

Postar um comentário