segunda-feira, 25 de abril de 2011

Dicas F2L

Você já sabe montar o cubo, usando o método básico? Quer baixar o tempo?

Anteriormente coloquei aqui no blog, uma apostila intermediária, criada pelo Carlos de Alcântara.

Nessa apostila vemos alguns algoritmos básicos para se resolver as F2L (first 2 layers).

No método de camadas, aprendemos a resolver o cubo camada por camada, ou seja, resolve-se a cruz branca, depois completa-se a face branca com as quinas, e resolvemos a camada do meio, depois partimos para a face amarela, a última camada.

No método avançado de Fridrich, ou mais corretamente falando no CFOP, arrumamos a cruz e depois fazemos as quinas da face branca juntamente com os meios correspondentes (F2L) e resolvemos a última camada.

No Fridrich temos 41 casos para as F2L, mas como disse o Cinoto, podemos resolver de forma intuitiva, sem a necessidade de decorar os 41 casos. É claro que para baixarmos o tempo, com certeza vamos ter de estudar os 41 casos.

O Rafael Cinoto fez um tutorial muito legal para resolvermos de forma intuitiva as F2L, segue os links dos vídeos.


Vídeo 1


Vídeo 2

terça-feira, 19 de abril de 2011

Gigaminx


O Gigaminx é a versão aumentada do Megaminx.

Possui a forma de um dodecaedro e da mesma forma que um Megaminx é semelhante ao cubo de Rubik o Gigaminx é semelhante ao cubo 5x5x5.

Foi lançado em setembro de 2009, pela C4Y (cube for you). Comprei o meu no mês seguinte (outubro de 2009).

Possui 12 peças de centro, as peças centrais que formam o centro são 120 peças, possui 90 peças de aresta e 30 cantos.

É mais trabalhoso para montar mais igualmente ao Megaminx, segue os mesmos algoritmos que o cubo 3x3x3 e para fazer as arestas pode-se aplicar os mesmos algoritmos usado no cubo 5x5x5.

Peguem os manuais nas postagem sobre o Megaminx e cubo 5x5 e bom divertimento.

domingo, 17 de abril de 2011

Atualização de My Collection

Com a chegada de mais 5 cubos, elevei minha coleção para 30 cubos.

Um bom avanço... olhem só...

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Megaminx

É um quebra-cabeça na forma de um dodecaedro semelhante ao cubo de Rubik. 

O Megaminx, ou Magic Dodecahedron, foi inventado quase que simultaneamente por diversas pessoas e produzido por diversas fabricantes, com pequenas diferenças.

Uwe Meffert comprou o direito de algumas patentes e comercializa o quebra-cabeças com o nome de Megaminx. 

Quem primeiro inventou esse quebra-cabeça foi o Dr. Cristoph Bandelow e chamou o invento de Supernova Hungaro (Hungarian Supernova). Logo em seguida saiu o Megaminx fabricado pelo Meffert.

O Megaminx é feita na forma de um dodecaedro , e tem 12 peças centrais, 20 peças de canto, e 30 arestas. Os centros são fixo no eixo, portanto não podem mudar de posição. As arestas têm duas cores, e as peças de canto tem três cores. Cada face possui um centro, 5 peças de canto e 5 arestas. As peças de canto e de borda são compartilhados com faces adjacentes.  

Há duas versões principais do Megaminx: a versão de 6 cores em que faces opostas têm a mesma cor, e a versão de 12 cores, em que todos os caras têm uma cor diferente.

Cada face tem a forma de uma estrela dentro de um pentano regular.

Apesar de parecer muito mais difícil que o cubo de Rubik, mas a resolução é bem semelhante, é logico que algumas etapas são diferentes, pois ao invés de fazer uma cruz, faz-se um estrela.

A primeira camada é resolvida da mesma forma, as camadas intermediárias podem ser resolvidas de forma semelhante a resolução da 2 camada do 3x3x3, e a ultima cada, você pode aplicar o Sune e alguns outros algoritmos do 3x3x3. 

Para quem interessar segue a resolução da última camada:


PS: Não estou dando os devidos crétidos a quem fez esse manual pois não me recordo de onde retirei. Se for você me avise...

quinta-feira, 14 de abril de 2011

2003 - Marco na era cubista

Diferentemente de 1982 quando ocorreu o primeiro campeonato mundial em Budapeste, 2003 foi um marco na história do cubo de Rubik.

Depois de 21 anos sem campeonatos mudiais, em 2003 foi realizado o segundo campeonato mundial e apartir de então é realizado um Campeonato Mundial a cada 2 anos.

Nesse meio tempo é realizado vários outros campeonatos regionais em vários países e os tempos são computados no ranking mundial.

Desde 2003 esses campeonatos regionais tem crescido quase que exponencialmente, em 2003 foram realizados 2 campeonatos, já em 2004 foram 12, em 2005 foram mais de 20 campeonatos e neste ano (2011) já foram realizados 65 campeonatos e ainda estamos em abril.

O cubo vem cada vez ganhando mais notoriedade e mais adeptos ao redor do mundo.

Vejam um video realizado no campeonato mundial de 2003.


Devemos um agradecimento especial a todos aqueles que estiveram por trás desse campeonato e também da divulgação dos métodos pela internet, TV e etc.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Cubo 3x3x3 - Método Intermediário


Meus amigos cubistas, me solicitaram um meio mais rápido de resolver o cubo mas sem ser o método avançado de Fridrich.

Há um tempo atrás tive a mesma vontade e consegui do Carlos de Alcântara um método com um pouco mais de algoritmos e o que acredito a introdução para o método de Fridrich.

Se vocês gostaram dos videos que o Carlos fez e que postei aqui no blog um tempo atrás. Vão gostar desse método intermediário.

Futuramente estarei colocando o método avançado para vocês usarem, mas por enquanto treinem o método intermediário que vai a passagem para o avançado será mais suave.

Postem o tempo que vocês estão levando para resolver o cubo de Rubik.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Supersquare-1


O Supersquare-1 é a versão 4 camadas do square-1. Também assume formas irregulares não cubicas quando é misturado. Começou a ser comercializado pelo Uwe Mefferts a partir de 2009.

É construído por 4 camadas de 8 peças, no seu centro há uma coluna circular dividida em 2, que aumenta mais a dificuldade.

Como no square-1 as peças dos cantos são duas vezes maior que as peças das arestas, fazendo um angulo de 60°, enquanto as peças das arestas fazem angulos de 30°.

As camadas médias do cubo são praticamente idênticas, as peças da camada média inferior podem ser facilmente confundidas com as peças da camada média superior. Mas cada peça é única e tem sua posição específica.

Apesar de sua aparência, o Super Square One não é significativamente mais difícil de resolver do que a Square One original. As camadas médias são quase idênticas às camadas superior e inferior da Square One, e podem ser resolvidos de forma independente usando os mesmos métodos como a Square One. Os cantos das camadas médias se distinguem porque os cantos com as mesmas duas cores são imagens de espelho um do outro, mas as bordas meio de cada face são intercambiáveis, pois apresentam apenas uma cor, cada.

Pegue o manual do Square One e bom divertimento.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Panagiotis Verdes


Sr. Panagiotis Verdes é o inventor dos cubos  V-Cube 6 e V-Cube 7 e dono da empresa que produz os V-Cubes, a VERDES Innovations S.A.

Sr. Verdes é um engenheiro grego que tem se empenhado por mais de 30 anos com projetos e construções 3D.

Nasceu em Chiliomodi, Corinto, na província do sul da Grécia. Ele seguiu sua paixão de construções e estudou na Universidade Aristotélica de Salónica, de 1965 até 1970. Durante sua carreira, ele era principalmente envolvidos com a construção, estradas e construções de redes públicas, até sua aposentadoria em 2003, onde ele então decidiu seguir a sua paixão "secreta" de quebra-cabeças de rotação.
 
Após anos de idéias inovadoras e experiências, ele criou o primeiro 6x6x6 e 7x7x7! Além disso, sua invenção, que inclui um mecanismo unificado de giro para qualquer tamanho de cubo, permite a construção de cubos suave e resistente até mesmo de tamanho 11X11X11, inquinando deste modo a crença em todo o mundo que a construção resistente de cubos de mais de 5 camadas é impossível!

 "A história toda começou em 1981, quando pela primeira vez eu vi e tinha nas mãos um cubo de Rubik.
Eu senti uma grande admiração por esta invenção surpreendente e instantaneamente me tornei um fã fanático do quebra-cabeça. Eu quase que imediatamente compreendi a forma que o cubo foi construído e a maneira como ele funcionava. Imediatamente, eu pensei que tal cubo poderia ser construída com mais camadas ainda. Inicialmente, acreditava que os cubos que poderiam ser feito, mas por causa dos seus suportes estruturais, deviam ter apenas um número ímpar de camadas (N = 5 e N = 7, etc.). 

Comecei a fazer desenhos e projetos bruto durante o meu tempo livre, baseado na utilização de superfícies cilíndricas, segundo o conceito de Rubik. Notei, porém, que nesse sentido, houve um problema na rotação das camadas, especialmente para aquelas partes que formam as peças de canto do cubo. Os cubos construídos até o momento, incluindo o cubo 2X2X2 e, em particular, o 4X4X4 e cubos de 5x5x5, não tinha sido desvinculado do sentido de usar as superfícies internas cilíndricas, como eles são usados ​​para a construção do Cubo de Rubik.

Depois de muitas tentativas e desenhos, eu capturei a idéia de usar as superfícies em ângulo reto cônico cujo eixo de rotação, que coincidirá com a semi eixos do sistema de coordenadas cartesianas. Estas superfícies cônicas especificamente resolvia o problema da ligação os cantos do cubo com sua parte interna, que foi, sem dúvida, a questão vital. Trabalhar essa idéia particular meticulosamente com o pensamento mais longe, eu notei que com o uso de superfícies cônicas na parte interna do cubo faz cubos com um número par de camadas em cada sentido de ser construído possível (ou seja, cubos n º 2, n º 4, etc) ...

Todos estes eventos ocorreram por volta de 1985. A solução geral de construção de cubos de qualquer tamanho, fez-me extremamente feliz, pois percebi que pelo método que eu descrevi, eu seria capaz de construir cubos de um grande número de camadas. Todos os cubos construídos até à data, mesmo cubo Rubik's 3x3x3, estão incluídos, mas com uma configuração interna diferente, um fato que parecia impossível e me levou muito tempo para perceber.

Depois de concluir meus pensamentos no papel através de desenhos, eu os coloquei em uma gaveta e manteve as minhas idéias para mim. Naquela época eu não tinha acesso à internet, ou qualquer outra informação a respeito do desenvolvimento do cubo de Rubik.

No Outono de 2002, eu visitei o Rubik e-shop onde eu vi que os cubos de 2x2x2, 4x4x4 e 5x5x5 foram construídas, mas não um cubo 6x6x6. Em maio de 2003, decidi apresentar os desenhos, que eu fiz no meu computador pessoal, juntamente com os outros documentos necessários para a OBI na Grécia. Um ano depois, recebi o diploma grego de Invenção n º 1004581.

Na presente invenção encontra aplicações até o cubo N = 11, como já mencionado, devido à crescente dificuldade em resolver os cubos quando as camadas mais são adicionados, bem como as restrições geométricas e motivos de ordem prática...”

Por isso até a presente data existem os cubos 6x6x6 e 7x7x7.

Existem mais de 8 países onde atuam as empresas do Sr. Verdes. Dentre eles Estados Unidos, Dinamarca, Alemanhã e Israel.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Cubo até em baixo d'agua

Esses cubistas estão loucos mesmo, o que mais falta inventar, além de pularem de paraquedas e resolverem cubos, alguns cubistas resolvem cubos em baixo da agua.
 
É o caso por exemplo do cubista Dan Harris, que montou 6 cubos embaixo da agua em 4 minutos e 10 segundos.

Vale lembrar que os cubos e o cubista devem estar de baixo da agua, apenas usando óculos de proteção e é lógico não é válido o uso de  equipamento de respiração.

Dan Harris está em primeiro lugar no ranking mundial não oficial.

Dan disse: "Você precisa estar extremamente relaxado para fazer isso por tanto tempo, os cubos continuam se movimentando muito bem."

Encontrei diversos videos de cubistas fazendo esse feito mais o mais interessante é um garoto (não consegui descobrir quem ele é) que monta 3 cubos seguidos em um pouco mais de 1 minuto.



Muito bom, para essa modalidade além de montar o cubo rapido precisa ter um bom folego.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Cubo 7x7x7



O V-Cube 7 é a versão 7x7x7 do cubo de Rubik. 

Foi inventado por Panagiotis Verdes e é produzido por sua empresa, Inovações Verdes SA na Grécia.

 
Sr. Verdes possui a patente do cubo 6x6x6 e do cubo 7x7x7, portanto é o unico fabricante desses produtos.

É composto de 216 cubinhos, 8 nos cantos, 60 cubinhos de arestas e 150 cubinhos para o centro.
Diferente do V-Cube 6, o V-Cube 7 possui um centro fixo, a peça central das 6 faces estão ligadas ao eixo do cubo.

Sua produção é igual ao V-Cube 6, usa plástico branco e etiquetas pretas ao invés da tradicional branca.

Ao contrário do V-Cube 6 a forma do V-Cube 7 é notadamente arredondada. A explicação é simples, da mesma forma que o V-Cube 6 a camada mais externa é maior que as outras camadas e para disfarçar essa diferença tão pronunciada, fizeram o cubo ficar mais elegante, dando uma forma arredondada.

Se o cubo tivesse todas as camadas do mesmo tamanho quando girassemos o cubo em 45º as arestas das camadas do meio ficaram soltas e se desprenderiam do cubo, por essa razão foi necessário aumentar a ultima camada. Veja no diagrama abaixo que ficará mais claro.


Para se resolver esse cubo devemos fazer da mesma forma que expliquei o cubo 4x4, 5x5 e 6x6.

Primeiro resolvemos o centro do cubo. Depois montamos as arestas. E dessa forma reduzimos o cubo para o formato 3x3, aí é so aplicar o método básico ou o Fridrich para se resolver o cubo.

Como esse cubo é impar, ou seja, possui 7 camadas e tem um centro fixo, as paridades que ocorrem com o cubo 4x4 e 6x6 não ocorrem neste cubo.

Para se resolver as últimas arestas use as resoluções indicadas no método 4x4 e 5x5 que coloquei em posts anteriores.

Apesar de parecer difícil a primeira vista, gosto particularmente desse cubo, a resolução é simples, não possuindo as paridades. É apenas mais trabalhoso.

Se você tem interesse de adquirir qualquer dos V-Cubes, recomendo que entre no site do fabricante. É mais barato que comprar aqui no Brasil e por outros sites.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Cubo 6x6x6


O V-Cube 6 é a versão do cubo de Rubik para o cubo 6x6x6.

Foi inventado por Panagiotis Verdes e é produzido por sua empresa, Inovações Verdes SA na Grécia.

Sr. Verdes possui a patente do cubo 6x6x6 e do cubo 7x7x7, portanto é o unico fabricante desses produtos.

É composto de 152 cubinhos e mais 60 peças internas para fazer esse cubo funcionar. Possui um eixo com seis ramificações semelhante ao cubo 3x3x3. Como é um cubo par, também não possui um centro fixo, todas as peças que compõem o centro são livres, ao todo possui 16 peças centrais para cada lado e cada aresta é composta de 4 peças.

Atualmente, o V-Cube 6 é produzido com plástico branco como base, com laranja oposto ao vermelho, verde oposto ao azul e amarelo oposto ao preto. Um das etiquetas pretas possui a marca de Verdes, um V em branco. 

Verdes também vende uma versão com plástico preto e no lugar das etiquetas pretas, possui etiquetas brancas. 

Ao contrário do V-Cube 7 que é arredondado (futuramente colocarei um post sobre ele), a V-Cube 6 tem 6 faces planas. No entanto, as regiões mais  periféricas (camadas externas), tem cubinhos que são um pouco maiores do que os do centro. O centro de quatro linhas são cerca de 10 mm de largura, enquanto que os dois exteriores são aproximadamente 13 mm de largura. Essa diferença sutil permite o uso de uma espessa haste para segurar as peças de canto para o mecanismo interno, tornando assim o quebra-cabeça mais durável.

Quando giramos o V-Cube 6 percebemos que ele faz um pequeno "click", devido ao reacondicionamento das peças internas, a primeira impressão é que o cubo vai desmontar, mas na verdade é bem estável. Existem projetos para eliminar esse problema dos cliques e tornar o cubo mais rápido.

Quando uma das peças escapam do cubo, o cubo continua inteiro, não desmonta como os outros cubos como o 5x5 e 4x4, é usado na fabricação desse cubo um plástico mais elástico que o convencionalmente usado para fabricação de cubos, aumentando a durabilidade do V-Cube 6.

Para a resolução desse cubo não tenho nenhuma solução especifica, aplico os mesmos métodos que uso para os cubos 4x4 e 5x5. Resolvendo 1 o centro, depois as arestas para reduzir ao 3x3. Para resolver as paridades uso os algoritmos do cubo 4x4 e para resolver as ultimas arestas uso o algoritmo do 5x5.

Já escrevi anteriormente sobre o 4x4 e 5x5, pegue os manuais e aproveite.